Informativo Mensal - Agosto de 2019

Informativo Mensal – Agosto de 2019

Informativo Mensal - Ano XL - n.º 528 - Agosto-2019

PENSAMENTO DO MÊS

        Como o fogo precisa de lenha para permanecer constantemente aceso, assim também a graça exige que haja, de nossa parte, empenho em corresponder. Trata-se, para nós ministros, de uma graça especial que recebemos para conduzir a comunidade cristã. Depende de nós mantê-la acesa ou deixar que se apague. “Não apagueis o Espírito” (1Ts 5,19), exclama São Paulo. O Espírito, porém, pode se apagar com a preguiça e a negligência, ao passo que se alimenta com a vigilância e com a atenta solicitude. Cabe a nós, tornarmo-nos mais ardorosos e nos enriquecermos com a fé, o ardor e a alegria.

       Pode acontecer que: zelo, caridade e graça, recebidos na ordenação, esmoreçam-se e diminuam aos poucos, e até mesmo se extingam. De um lado, por causa da fraqueza humana e inconstância; do outro, em razão das contrariedades e da preguiça. É preciso renová-los, reacender a chama da caridade e estimular novamente seu crescimento e florescimento. Para reacender este fogo, são fundamentais a oração, a leitura e meditação da Palavra de Deus, os estudos, o esforço para progredir nas virtudes e, sobretudo, muito zelo e trabalho para procurar, com profunda diligência e generosidade, a salvação das almas confiadas ao nosso cuidado.

        Com tais recursos, poderá ser reavivado o fogo em nosso co-ração, despertada a liberdade de espírito adormecida e aprisionada, e enfrentado vitoriosamente o mundo com seus falsos amores, erros e medos. Vencido o egoísmo e eliminado o medo, voltará a arder o fogo da caridade e, a cada dia que passar, expandir-se-á ainda mais.

A Gramática de Pe. Gaspar.


ANIVERSARIANTES

07 –  Pe. Valdomiro Alves Barbosa


ANIVERSÁRIO DE ORDENAÇÃO

31 – Pe. Jarbas Rodrigues Matos (2008)

31 – Pe. Adriano José dos Santos (2008)


ANIVERSÁRIO DE FALECIMENTO

† 12/08/2008 – Pe. José Bazzon


ANIMAÇÃO VOCACIONAL PROVINCIAL

        Aconteceu, de 05 a 09 de julho de 2019, a visita do Animador Vocacional Provincial: Professo Wesley Souza Dias Barroso ao Santuário Santa Edwiges, no Rio de Janeiro-RJ. No dia 05, à tarde, se reuniu com alguns jovens vocacionados. Falou com eles sobre vocação e sobre a importância do processo de discernimento.

        No dia 06, pela manhã, participou de três Celebrações Eucarísticas, dirigindo, aos fiéis, uma reflexão sobre a Liturgia do dia e falando sobre a importância da oração e cultivo das vocações. À tarde, visitou a casa do vocacionado Jairo de Macedo, conheceu sua família e almoçou com eles. Uma família muito agradável e acolhedora.

        No dia 07, à noite, esteve com o grupo de Leigos Estigmatinos, refletindo com eles sobre a vocação de São Gaspar Bertoni, exemplo e modelo para todos os vocacionados (as).

        O Professo Wesley Souza Dias Barroso agradece a recepção, comunhão e generosidade dos confrades da Comunidade religiosa do Rio de Janeiro, Pe. Silvino Caixeta da Silva, Pe. Ruy Félix do Carmo Primo, bem como estende um abraço fraterno aos Leigos e Leigas comprometidos com a Evangelização e com a Animação Vocacional. Fomentemos em nossa Província uma cultura vocacional. É missão de todos nós!


MISSÃO POPULAR ESTIGMATINA

      Entre os dias 21 e 28 de julho de 2019, a Paróquia Nossa Senhora da Abadia de Buriti Alegre-GO e a Paróquia Divino Pai Eterno de Água Limpa-GO, acolheram a Missão Popular Estigmatina, com o tema: “O que vimos e ouvimos, nós vos anunciamos” (Jo3,1). Participaram muitos padres Estigmatinos da Província, padres da Diocese de Itumbiara, diáconos perma-nentes, professos, seminaristas da Congregação e da Diocese de Itumbiara, além dos leigos (as) que no seu dia-a-dia vivem o carisma Bertoniano nas comunidades da Província São José.

        No dia 21, à noite, foram celebradas as Missas de abertura e envio dos Missionários, nas cidades de Buriti Alegre e Água Limpa. Dentre tantas experiências bonitas vivenciadas na Missão, destacam-se às visitas domiciliares, visitas em algumas empresas e instituições. Também é importante destacar as celebrações Eucarísticas com fervorosa participação dos fiéis, a bênção da cruz Missionária (marco da Missão Popular Estigma-tina), a caminhada pela paz nas ruas da cidade de Buriti Alegre, a festa com as crianças e a festa julina.

        Na manhã do dia 28, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, foi celebrada a missa de encerramento da Missão Popular Estigmatina, presidida por D. Antônio Fernando Brochini, CSS, e concelebrada pelo Superior Provincial Pe. Adriano José dos Santos CSS, alguns confrades Estigmatinos e padres da Diocese de Itumbiara. Em sua homilia, Dom Fernando destacou a graça da missão ter acontecido mais uma vez em sua Diocese e agradeceu de coração sincero, à Província Estigmatina São José. Insistiu, ainda, com os leigos e leigas sobre a necessidade de todo batizado continuar sendo cumpridor da missão de ser profeta, sacerdote e rei, na comunidade em que está inserido (a), e de uma paróquia e Diocese em estado permanente de Missão.

        A Equipe Missionária do CEP: Pe. Fernando de Assis Queiroz, Pe. Divair Bento e o Professo Carlos Henrique Gomes dos Santos, agradece a todos os Missionários que vieram de tantos lugares, pelo esforço e comprometimento em estar nestas cidades, plantando as sementes do Reino no coração de tantas pessoas. Nestes dias de Missão, o testemunho e doação dos Missionários foi o de acolher o pedido de Jesus, “Ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. Aos Missionários de Buriti Alegre e Água Limpa, na pessoa do seu pároco, Pe. Paulo Afonso Mendes, que acolheram e abraçaram a Missão com tanto carinho, o nosso muito obrigado. Que Deus lhes pague e os abençoe sempre. A Missão continua em todas as nossas Comunidades.


SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA DO CARMO

        Foi celebrada, no dia 16, a excelsa padroeira de Morrinhos, Nossa Senhora do Carmo. Foram dez dias de Festa com Missas às 7 horas e às 19h30, sempre repletas de fiéis.

        No dia 16, a Missa foi presidida por D. Antônio Fernando Brochini, Bispo Diocesano de Itumbiara-GO.

        Ao término houve a coroação de Nossa Senhora e a revelação dos novos festeiros.

        Foi aberto o Ano Jubilar da Paróquia que, no próximo ano, fará 175 de criação.


FESTA DE NOSSA SENHORA D’ABADIA

      Os fiéis se preparam para a Festa em homenagem à Nossa Senhora D’Abadia, a Padroeira de Uberaba-MG. A Festa pode se tornar patrimônio histórico imaterial
Com o tema: ‘Uma jovem chamada Maria’, as celebrações vão de 01 a 15 de agosto e terá missas, terços, quermesse, procissão, cavalgada e carreata, além da inauguração de dois novos espaços religiosos. De acordo com o reitor e pároco do Santuário de Nossa Senhora D’Abadia, Pe. Alexsandro Ribeiro Nunes, os novos locais: sala de velas e a sala de promessas, servem como preparação para os 200 anos de Uberaba, que serão comemorados em 2020, além de melhor acolher os peregrinos, devotos da Santa.
Além dos novos ambientes, o Santuário passou por recentes reformas, que também serão apresentadas durante a festa.


ASSEMBLEIA GERAL ELETIVA DA CRB NACIONAL

        Entre os dias 10 a 14 de julho de 2019, no Colégio Marista (Maristão), em Brasília-DF, realizou-se a 25ª Assembleia Geral Eletiva (AGE) da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), como conclusão do triênio 2016-2019. O mesmo teve como tema inspirador: “Consagradas e consagrados, em missão” e lema: “Fazei tudo o que Ele vos disser”, inspirado em Jo 2,5. Participaram cerca de 450 religiosos (as) vindos de vários lugares do Brasil e de outros países, mostrando assim, a força revigoradora da Vida Religiosa Consagrada, os quais estão sempre itinerantes, no seguimento de Jesus Cristo. Dentre eles, representando a Congregação dos Sagrados Estigmas de N. S. Jesus Cristo – Província São José, esteve presente, Pe. Isaac Celestino de Assis, CSS, delegado pelo Superior Provincial, Pe. Adriano José dos Santos, CSS.

        Ao final da tarde, do dia 11 de julho, foi reeleita por mais três anos, Ir. Maria Inês Vieira Riberio, mad., atual presidente da CRB, a qual convidada a responder se aceitaria assumir a missão que lhe fora novamente confiada, disse: “Desejo neste triênio, me dedicar mais à questão da Amazônia, da identidade dos presbíteros religiosos, para que tenhamos uma vida consagrada masculina e feminina de acordo com o espírito de Jesus. E também outra coisa que está muito no meu coração, para que possamos trabalhar, é a questão do abuso sexual na Igreja, o tráfico humano e as Políticas Públicas. Ainda, reafirmar a nossa inserção junto aos pobres e os pequenos. Nosso trabalho como Igreja, como cristãos, se torna ainda maior, diante do cenário brasileiro. Vamos nos unir!”. Ademais, disse Ir. Maria Inês ao expressar sua gratidão: “Eu confio na graça de Deus. E EU DIGO, DIANTE DA DIVINA E TRINA TERNURA, DA TRINDADE SANTA E DA MINHA MÃEZINHA, MEU SIM”.

        A Assembleia também aprovou o horizonte por onde caminhar, as quatro prioridades e respectivas linhas de ações para o triênio. As mesmas, serão encaminhadas às Congregações para que possam utiliza-las em seus planos pastorais. Espera-se que, como no triênio que se encerrou, a Vida Religiosa Consagrada possa colher bons frutos. Que a nova gestão, possa dar continuidade aos trabalhos que já vinham sendo feitos de forma magnânima sem perder de vista as possíveis inovações e ousa-dias. Que São Gaspar Bertoni, interceda a Deus as bênçãos necessárias para o bom serviço da CRB, em vista de uma VRC. autêntica.


FALECIMENTOS

Padre Pértile, nosso eterno mestre!

        Padre José Odail Pértile, natural da Cidade de Limeira-SP, nascido aos 13 de março de 1952; filho de Olga e Eugênio Pertile, ingressou em nossa Casa de Formação em Campinas, aos 10 de janeiro de 1973, com 21 anos. Após os estudos de Filosofia, ingressou no Noviciado, aos 23 de janeiro de 1977, emitiu a Primeira Profissão dos Votos, aos 24 de janeiro de 1978, e a Profissão Perpétua, aos 23 de janeiro de 1981, sempre na cidade de Campinas-SP. Findo o curso de Teologia, foi ordenado sacerdote em Americana – SP aos 23 de janeiro de 1982, frequentando, em seguida, o curso de Licenciatura em História Civil.

        Exerceu seu ministério sacerdotal nas cidades de: Itararé, Santo Antônio do Sudoeste-PR; Francisco Beltrão-PR, Ituaçu-BA, Uberaba-MG, São Caetano do Sul, Campinas. Após uma breve permanência na Província São José, seguiu para Verona (Itália), onde foi um dos Coordenadores do Ano Internacional de Formação e Apostolado (AIFA: 2014-2015).

        Funções assumidas: Superior Provincial, Conselheiro Provincial, Mestre de noviços, Pároco, Vigário Paroquial e Formador.
Como estigmatino, sobressaiu pela piedade sólida: “homem de oração”; disponibilidade e prontidão em aceitar decisões e encargos; grande sensibilidade diante das necessidades da Congregação e das Províncias; convivência com os confrades sempre alegre, cordial, expansiva e entusiasta; missionário e formador mediante zelo incansável; criador e realizador de projetos em perspectiva de futuro: “homem de visão”.
Foi, em meio a este zelo ardoroso pelas atividades apostólicas, que seu organismo, aos poucos, começou a manifestar uma hipertensão quase incontrolável, culminando com diabete e pneumonia fatal.

        Nosso estimado, Pe. Pertile, voltou à Casa do Pai no do dia 12 de julho de 2019, em Campinas. Foi sepultado no dia 13 em Americana, no jazigo de sua família.

† † †

        Faleceu na noite de 29/07, na cidade de Praia Grande-SP, o Pe. José Carlos Adriano. Nascido em 21 de março de 1936, em Araraquara-SP ele trabalhou como irmão e, em se-guida, como sacerdote em várias Comunidades no Brasil e na costa do Marfim. Nos últimos anos trabalhava na Praia Grande-SP, onde serviu com grande generosidade, trazendo sempre em seu rosto, aquele sorriso que fascinava todos aqueles que se aproximaram dele.

        Manifestamos, à Província Santa Cruz e aos parentes do padre Adriano, nossa solidariedade e orações, neste momento de sua morte, e a Deus, nosso Senhor, nossa gratidão pelo testemunho da vida religiosa e sacerdotal de nosso irmão, que, pelas mãos amorosas de Nossa Senhora, colocamos à presença da Santíssima Trindade, sempre infinita em bondade e misericórdia. Recordamos, aos confrades, a determinação do DG 35 2: “recebida a notícia da morte de um confrade, cada comunidade da Congregação reza pelo falecido; cada sacerdote, celebra uma missa por ele e todos os outros participam de uma celebração eucarística. Outros sufrágios, são determinados pelos Diretórios Provinciais”.


“Mostra-me, Senhor, os Teus caminhos” (Sl 25,4)

MÊS VOCACIONAL: REZEMOS PELAS VOCAÇÕES!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *