A virtude como sinceridade

 

Sexta , 19/Outubro/2018 – Ano B – Evangelho São Marcos.

28º Semana T. Comum – Reflexão sobre a Palavra de Deus.

Pe. Cássio Santos, CSS – Santuário N. Senhora de Fátima – Palmas-TO.

 

Semeando a Palavra de Deus.

“Não há nada de escondido que não venha a ser revelado, e não há nada de oculto que não venha a ser conhecido” (Lucas 12,2).

 

Leituras do Dia – 1ª: Efésios 1,11-14– Salmo: 32(33) – Evangelho: Lucas 12,1-7.

 

Jesus encontra-se cercado pela multidão, porém, se dirige, primeiramente, aos discípulos prevenindo-os quanto à hipocrisia dos fariseus. Jesus afirma: “Tomai cuidado com o fermento dos fariseus, que á a hipocrisia”. Sabemos que o fermento leveda toda a massa e a faz crescer. Da mesma forma a hipocrisia dos fariseus, pode crescer no meio do povo e dos discípulos. Por isso, a chamada de atenção. O contrário da hipocrisia é a sinceridade associada à verdade dos fatos e dos atos. Todos os discípulos de Jesus devem ser coerentes e verdadeiros. O evangelho evidencia elementos proféticos no contexto imediato: “Não há nada de escondido que não venha a ser revelado, e não há nada de oculto que não venha a ser conhecido”. O contexto indica que os discípulos e o povo de Deus eram proibidos de professar a fé em Jesus. Então, viviam a experiência religiosa às escondidas no contexto dos primeiros tempos do cristianismo. Ora, o evangelista está exortando os destinatários do evangelho a propagar a fé e a experiência de encontro com Jesus para todas as pessoas saberem. Então, “tudo o que tiverdes dito na escuridão será ouvido à luz do dia; e o que tiverdes pronunciado ao pé do ouvido, no quarto, será proclamado sobre os telhados” (vers. 3-4). Todos os discípulos de Cristo devem propagar a experiência de fé e de seguimento a Jesus. O mundo inteiro precisa saber que Jesus é o Senhor e o salvador. Por isso, a referência sobre os telhados. Chega de viver a experiência com Deus às escondidas! Todos devem dar testemunho do amor de Deus, do poder da presença de Deus que transforma a realidade e o coração de quem crê em Jesus. Diante do encontro pessoal com Jesus todos devem cuidar para serem coerentes e verdadeiros. A hipocrisia, fermento dos fariseus, não deve fazer parte da vida dos discípulos de Cristo. Deus conhece a todos de forma especial e individual. Todos nós somos importantes para Deus. Por essa razão, “até mesmo os cabelos de vossa cabeça estão todos contados”. Isso quer dizer que somos valiosos para Deus. Deus nos ama de forma profunda e eternamente! Sejamos transparentes e sinceros com relação a fé em Deus e a vida cristã.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *